Conselhos para os novos jardineiros 

Para obter bons resultados é necessario ter os utensílios adequados.
É fundamental ter uma mangueira , fertilizante, sementes e luvas de jardinagem.
Com o passar do tempo virá a ter necessidade de comprar outros utensílios mas, por enquanto, estes são os suficientes para iniciar.

Inicie pelas pequenas coisas. Se não tem a certeza de quanto tempo pode dedicar à jardinagem, comece por plantar em vasos e talvez por algumas filas de flores no jardim.

 

Certifique-se de que plantou as flores nas zonas apropriadas do jardim, com mais ou menos sol.

 

Controle periodicamente o seu terreno com um kit de medição do pH. Isto indicar-lhe-á se necessita de fertilizante ou de uma nova camada de terra.

 

Descubra quais as plantas que precisam de um cuidado especial em condições climatéricas especiais.

Uma vez plantadas todas as suas sementes, assegure-se de que pode dedicar pelo menos uma ou duas horas por semana para tratar da sua horta. Deve fertilizá-la e regá-la com regularidade.

 

Escreva um memorando das suas actividades anotando as que funcionaram e as que, pelo contrário, ainda devem ser melhoradas para a sua próxima plantação.

 

Geralmente na manutenção dos jardins incorre-se em excessos, como :
- rega em demasia

- fertilização excessiva
- cortes muito frequentes

A jardinagem pode ser trabalhosa mas deve ser relaxante, por isso divirta-se!

Na Primavera

Mesmo antes da estação comecar, devemos encorajar as plantas a terem um bom desenvolvimento. As raízes estão muito activas neste momento e estão prontas a receber os elementos nutritivos. Necessitam de um adubo que lhes forneça alimento bastante rápido, mas não em grandes quantidades pois, em caso de excesso, o risco de queimadura é muito grande. Para as plantas do solo pobre e para os vegetais gulosos é aconselhado um adubo rico, com difusão rápida, masmoderadamente doseado. Se pensar nisto com tempo, pode espalhar um adubo orgânico de difusão relativamente rápida, como os que são apresentados em pó. Senão, utilize adubos orgânicos líquidos ou adubos sintéticos, que actuam de imediato (cuidado com a sobre dosagem), ou lentamente (adubos de libertação lenta).

No Verão

As culturas estão cultivadas e instaladas, mesmo as sazonais. Se for necessário adubar deverá fazê-lo com um adubo de ação rápida, este tem a designação “fertilizante rápido” na embalagem. Nesta categoria, encontram-se os adubos químicos e os orgânicos, como o guano e o potássio, em granulado. Eles actuam imediatamente e uma dosagem excessiva provoca queimaduras nas raízes. No entanto, bem utilizados dão vigor à planta empobrecida que esteja num vaso e ainda não conseguimos mudar de vaso, e também vão melhorar a frutificação dos legumes que estejam carregados de frutos jovens. As sebes jovens, em pleno desenvolvimento, situadas em terreno ingrato (cascalho) apreciarão esta fertilização.

Quando o Verão já está avançado, pode começar a espalhar adubos de difusão lenta, dos quais as plantas beneficiarão durante o Outono e mesmo ainda na Primavera seguinte. Os adubos rápidos não devem ser utilizados em plantas que estão em fim de vida pois apenas contribuiriam para poluir o solo.

Se a atmosfera devido ao aquecimento, é muito seco, as plantas de água terão de entrada de ambos substrato e da parte aérea. Isso nos obriga a pulverizar as folhas de tempos em tempos, tendo em mente que certas plantas não podem tolerar o contacto com a água.

O excesso de água na drenagem do solo ou pobre é muitas vezes mais prejudicial do que se a planta passa algum "sed", ou seja, não se deve permitir que os vasos para poça. Isso pode danificar as raízes, que pode matar a planta.

A protecção dos terraços e varandas potes contra ventos e baixas temperaturas é fundamental para as geadas não produzem baixo indesejados.

Jardinagem
não é uma tarefa fácil, pois temos que lutar contra as forças de fora muitos como o clima, insetos, doenças e ervas daninhas. Na maioria das vezes, estamos mais preocupados em como se livrar de insetos e pragas. Quando as pragas invadem nosso jardim e se não se livrar deles, eles vão aquisição e arruinar o nosso jardim. Existem muitos produtos químicos diferentes e pesticidas no mercado que podem ser usados. A utilização de métodos dependerá, por exemplo individual. produtos químicos que são melhores, que são prejudiciais e quais são mais fáceis de administrar.